A London Fashion Week resumida em uma cor: verde


Fashion brands se unem para agir em prol de ações climáticas que visam a redução da emissão de gases poluentes

Britain_London_Fashion_Week_Versus_60667-727x485

O Conselho Britânico de Moda (BFC), Vivienne Westwood e o prefeito de Londres uniram forças para lançar a campanha “Switch to Green” durante a 66ª edição da London Fashion Week, que vai até o dia 19/09, com o objetivo de unir a indústria da moda para liderar ações climáticas, visando um futuro mais seguro e verde.

O movimento faz parte da iniciativa “Positive Fashion”, criada pelo BFC, que busca marcas e empresas do ramo da moda que queiram se comprometer com um fornecedor de energia verde ou com uma tarifa de energia verde até 2020, ano significativo e que vincula a campanha ao Acordo de Paris.

Por meio da colaboração, diversas marcas já se comprometeram a tornar a moda um meio mais sustentável, seguro e verde. Entre as brands, estão Belstaff, Christopher Raeburn, E.Tautz, Harvey Nichols, Kering, Marks & Spencer, Oliver Spencer, Positive Luxury, Selfridges, Stella McCartney, Stevenai, Teatum Jones & Vivienne Westwood.

“Queremos usar a moda como uma plataforma positiva pra inspirar futuras gerações. O pedido é que negócios de moda, lojistas, editoras e comunicadores parceiros façam adesão ao projeto até 2020, desempenhando um papel fundamental em reduzir emissões de gases de efeito estufa”, disse Caroline Rush, chefe-executiva do Conselho Britânico de Moda.

 

 

Imagem: wtop.com



Comente

Comentar usando

ou escolha um nome