Fashion Inclusive Brazil no site da ONU


Você sabia que a ONU apoiou o nosso evento? O Fashion Inclusive Brazil está inserido nas atividades da Organização das Nações Unidas no contexto da Década Internacional de Afrodescendentes, que tem como objetivo “promover o reconhecimento, a justiça e o desenvolvimento da população afrodescendente no mundo“. Quem foi ao evento pôde conferir um intercâmbio de culturas durante os desfiles,…

onu


Irma Alves apresenta o Fashion Inclusive Brazil na tv


A idealizadora do Fashion Inclusive Brasil, Irma Alves, foi entrevistada na última semana pelo jornalista João Leite no Programa Cotidiano, da Rede NGT. Durante o diálogo, ela apresentou o projeto e contou detalhes do nosso evento, que irá juntar moda e inclusão social. Você pode conferir a entrevista no vídeo abaixo: Lembrando que haverá desfiles com grifes africanas e brasileiras…

fashion inclusive brazil


Fashion Inclusive Brazil é destaque na imprensa africana


O site do maior jornal da Nigéria, ThisDay, publicou sobre o Fashion Inclusive Brazil! A matéria fala sobre o FIB e o African Fashion Show, uma união que promove desfiles em países como Suíça e Brasil.  Contando com o apoio da ONU, a parceria já levou designers de moda africanos para Genebra. Assim, o trabalho deles pôde ser reconhecido no continente…

fashion inclusive brazil


Fashion Inclusive Brazil no site da Lu Lacerda


Fashion Inclusive Brazil está presente na mídia! A jornalista Lu Lacerda, autora do lulacerda.ig.com.br, anunciou nosso evento em sua coluna “F…Utilidades”. Você pode conferir clicando aqui! Relembrando: O Fashion Inclusive Brazil acontecerá nos dias 13 e 14 de junho, no Centro Cultural Ação da Cidadania, com desfile de 10 grifes internacionais e nacionais, incluindo a estreia da nossa: FIB Store. Mas não…

fashion inclusive brazil


Investimento no mercado de destilados na África


Cheers! A SABMiller, uma das maiores cervejarias do mundo, resolveu investir em destilados na África. De acordo com Mark Bowman, diretor-gerente da empresa no continente, a oportunidade é vista como um legitimador, uma vez que mais de 80% do mercado é considerado ilegal. Bowman revelou que apesar do debate interno, a venda das bebidas na Tanzânia foi um fator…

destilados na África